Os 10 Mais – Animais Velozes

Boa Noite Pessoal,

Hoje o nosso “Os 10 Mais” vem com o tema velocidade. Apertem os cintos e descubram quais são os Animais mais Velozes do Mundo:

  • 10º Lugar – Zebra, 64 km/h: Muito comum nas savanas africanas, as zebras são um dos pratos preferidos dos leões e perdem feio na maratona contra seus predadores. Mas, mesmo sendo mais devagar, não são abatidas com tanta facilidade. Isso porque a sua velocidade, junto com as listras, cria um efeito visual que confunde os felinos. Como eles enxergam em preto e branco, não conseguem distinguir a silhueta do animal e, muitas vezes, erram o bote;
Zebra

Zebra

  • 9º Lugar – Coiote, 69 km/h: É só no desenho animado que o coiote perde para o Papa-Léguas. No mundo real, o canídeo da América do Norte pode atingir mais que o dobro da velocidade do galocorredor, que chega aos 30 km/h. Essa habilidade foi desenvolvida para que o seu cardápio não se restringisse à ave. Veados, lebres e outros animais velozes também estão entre suas presas. Mas ele também pode se alimentar de insetos, frutas, cobras e até carniça;
Coiote

Coiote

  • 8º Lugar – Pato-Eider, 76 km/h: Embora viva a maior parte do tempo no mar, mergulhando para encontrar seus alimentos – crustáceos, moluscos e estrelas do mar –, não é nadando que o pato atinge sua maior velocidade. É durante o voo que ele é mais rápido, com o objetivo de migrar para o sul antes de o inverno chegar a seu habitat natural, que fica concentrado em regiões como o norte da Europa, da Groelândia, do Canadá, do Alasca e da Sibéria;
Pato-Eider

Pato-Eider

  • 7º Lugar – Gnu, 80 km/h: Este parente dos búfalos, dos antílopes e das vacas é um dos maiores mamíferos africanos. Apesar de chegar aos 270 kg, ele precisou desenvolver a habilidade de correr para escapar de leoas, leopardos e hienas, seus principais predadores. Herbívoro, o gnu costuma viver em grupo, que migra por longas distâncias em busca de água e comida – principalmente entre as planícies do Quênia e da Tanzânia;
Gnu

Gnu

  • 6º Lugar – Leoa, 80 km/h: Caçadoras natas, as leoas são capazes de disparar a essa velocidade em uma curta distância – principalmente quando estão caçando. Isso porque muitas de suas presas são muito velozes, como o gnu. O peso (cerca de 180 kg) e a ausência de pelos espessos, como os de seu parceiro, contribuem para uma corrida mais leve e confortável. Já os leões, que pesam cerca de 250 kg, não conseguem ultrapassar os 58 km/h. Atrás de todo rei da selva há uma grande rainha;
Leoa

Leoa

  • 5º Lugar – Gazela-Thompson, 80 km/h: A espécie é muito comum na África e vive em grupos de cerca de 50 animais. É bem miúda: mede, em média, não mais que 60 cm e pesa 25 kg. O seu pequeno porte permite fazer curvas com mais eficiência e velocidade – característica que a ajuda a escapar das garras de seu principal predador, o guepardo. Já a cor amarronzada e as listras pretas na face e no corpo ainda dão aquela força para que ela se camufle em meio às savanas;
Gazela-Thompson

Gazela-Thompson

  • 4º Lugar – Antilocapra, 98 km/h: A rapidez do quadrúpede se deu por uma questão evolutiva: fugir de seu predador, o extinto guepardo-americano. Os antilocapras também foram alvo de pioneiros norte-americanos e quase foram extintos. Com a proibição da caça, foi possível salvá-los e hoje somam mais de 3 milhões, espalhados pela América do Norte. Ainda são caçados por lobos, coiotes e linces, mas esses vão ter de se esforçar para abater essa presa veloz;
Antilocapra

Antilocapra

  • 3º Lugar – Agulhão-Vela, 110 km/h: Encontrado nos oceanos tropicais, este apressadinho também é conhecido como peixe-espada. Ele tem a extremidade do focinho longa e pontiaguda, que ajuda a cortar a pressão da água, aumentando a velocidade com que se locomove. Isso ajuda o bicho a fugir dos predadores (entre eles, o homem, já que essa espécie é um dos principais alvos da pesca esportiva) e também a capturar pequenos peixes, dos quais se alimenta. A vistosa nadadeira do dorso ajuda a direcionar seu corpo;
Agulhão-Vela

Agulhão-Vela

  • 2º Lugar – Guepardo. 115 km/h: O corpo contribui para que ele tenha agilidade nos movimentos. As unhas, por exemplo, ficam sempre expostas e se fincam no chão, evitando que o animal derrape nas curvas. O tronco esguio e a cauda longa ajudam a cortar o vento e manter o equilíbrio, enquanto as linhas pretas abaixo dos olhos impedem que o reflexo do sol atrapalhe as caçadas diurnas. Isso permite que ele tenha uma arrancada de 72 km/h;
Guepardo

Guepardo

  • 1º Lugar – Falcão Peregrino, 320 km/h: O animal mais rápido do planeta atinge sua velocidade máxima durante a caça. Para alcançar sua presa, fecha as asas e mergulha no ar, utilizando a gravidade a seu favor. Com isso, consegue atingir 320 km/h – que é quase a velocidade máxima de um carro de F1, que chega a 370 km/h. A espécie mede entre 38 e 53 cm de comprimento e pode pesar até 1,5 kg, Habitante do Hemisfério Norte (EUA e Canadá), o falcão se alimenta de outras aves, como pombos, e migra para o Brasil na época da primavera, podendo ser vista até mesmo em grandes cidades – trocando seu ninho em penhascos pelo topo de arranha-céus.
Falcão Peregrino

Falcão Peregrino

Até o próximo sábado como mais “Os 10 Mais”!

Fonte: http://mundoestranho.abril.com.br/materia/top-10-os-animais-mais-velozes-do-mundo

Anúncios

Cadelinha sobrevivente de crueldade em Blumenau é adotada

Boa Noite Pessoal,

Cachorrinha é Adotada

Cachorrinha é Adotada

Sobrevivente de uma crueldade, a cachorrinha preta encontrada terça-feira no Bairro Itoupava Central, em Blumenau, entre o que aparentemente sobrou dos seus prováveis seis irmãos, que foram queimados vivos, mudará na próxima semana para o lar definitivo. Ela foi adotada por um casal de dentistas e fará companhia a outro cão no sítio da família. Até a mudança, a cadelinha Vitória — recebeu este nome por ter resistido à agressão do homem — ocupa provisoriamente a casa 2.922 da Rua São Paulo, onde convive com outros 10 animais.

Ela é carinhosa, tem olhos brilhantes e sacode o rabo para lá e para cá a todos que passam pelo local. Desde o dia em que foi encontrada, tomou banho, recebeu vermífugo e se tornou parte, mesmo que temporariamente, da família da voluntária da Associação Protetora dos Animais de Blumenau (Aprablu) Ula Schwaberer.

Ula destaca que neste sábado outros animais, que também foram abandonados ou vítimas de maus-tratos, como Vitória, participarão, a partir das 10h, da Feira de Adoção da Aprablu, no Supermercado Giassi, Bairro Victor Konder. Para adotar um cachorrinho, é preciso ter mais de 18 anos ou estar acompanhado de um adulto, apresentar comprovantes de residência e documentos de identificação.

Quem não puder adotar um animal, mas quiser contribuir com a Aprablu, pode doar ração para filhotes e adultos. Os donativos podem ser levados à feira de adoção.

Fonte: http://www.clicrbs.com.br/especial/sc/jsc/19,6,4119409,Cadelinha-encontrada-entre-corpos-de-caes-queimados-vivos-em-Blumenau-e-adotada.html

Crueldade com cachorros em Blumenau

Boa Noite Pessoal,

Infelizmente a notícia a seguir não é nada bacana e demonstra como o ser humano pode ser tão covarde e maldoso.

Seis cachorros foram encontrados mortos na manhã desta terça-feira no Bairro Itoupava Central, em Blumenau. Cinco deles, aparentemente recém-nascidos, estavam queimados em um terreno à margem da Rua Gustavo Henschel. O sexto cão morreu, provavelmente, de fome.

Os cachorros foram localizados pelo fotógrafo do Santa, Gilmar de Souza, que foi até a rua para uma reportagem sobre as condições da via. Ao chegar no terreno, encontrou os cães mortos.

Moradores das proximidades disseram que o abandono de cachorros na região é constante. Uma fêmea, provavelmente irmã dos outros animais, ficou viva e estava perambulando pelo terreno onde estavam os cães mortos.

Além dos animais, a área também serve de depósito irregular de materiais de construção, móveis antigos e lixo.

Cachorrinha sobrevivente

Cachorrinha sobrevivente

Mais tarde, a ONG Aprablu foi até o local e resgatou a única cachorrinha sobrevivente. Ela está temporariamente sob os cuidados de uma das voluntárias da ONG e passará por uma avaliação médica. Ainda durante essa semana deverá ser adotada.

Parabéns a ONG Aprablu por esse trabalho tão bonito. São seres humanos como vocês que o mundo tanto carece.

Cachorrinha sobrevivente

Cachorrinha sobrevivente

Fonte: http://www.clicrbs.com.br/especial/sc/jsc/19,6,4115325,Cachorros-morrem-queimados-no-Bairro-Itoupava-Central-em-Blumenau.html

Feira de Adoção – Dia do Trabalhador

Boa Tarde,

No dia 1º de maio, quarta-feira, acontece em Blumenau a 5ª Edição da Festa do Trabalhador. O evento será realizado no Parque Vila Germânica em parceria com a Prefeitura Municipal de Blumenau e a Secretária Municipal de Turismo.

A programação inicia a partir das 9h com a Caminhada da Saúde e se estende até as 17h30 com o Show Especial de Juliano Santos e convidados. Todos os três setores do Parque Vila Germânica contarão com uma série de atividades, exposições e prestação de serviços gratuitos a toda a comunidade.

5ª Festa do Trabalhador de Blumenau

5ª Festa do Trabalhador de Blumenau

A ONG Aprablu estará presente no dia realizado uma Feira de Adoção de cães adultos e gatos filhotes.

Feira de Adoção - Dia do Trabalhador

Feira de Adoção – Dia do Trabalhador

Prestigie esse grande evento!

Entrevista – A Saúde dos Pets

Boa Noite Pessoal,

Clínica Veterinária Alemã

Clínica Veterinária Alemã – Av. Martin Luther, 390, Blumenau – Telefone: (47) 9983 1444

A equipe do Procura-se um Pet realizou uma entrevista muito bacana com o veterinário Edgar Ruben Soberon, da Clínica Veterinária Alemã, de Blumenau. Nosso papo foi sobre um tema muito importante: a Saúde dos nossos Pets. Ele nos deu várias dicas e cuidados importantes que devemos ter com os nossos pequenos. Alimentação, sobrepeso e vacinação foram os assuntos centrais. Confira:

Como podemos evitar que os nossos Pets ganhe sobrepeso?

Cãozinho Descansando

Cãozinho Descansando

A melhor maneira de se evitar o sobrepeso é oferecendo uma alimentação equilibrada ao animal. Ela deve ser baseada em rações específicas para o seu porte físico e que ofereçam todos os nutrientes necessários para o seu desenvolvimento.  As rações dietéticas também são recomendadas.

Além da alimentação balanceada, é preciso que o animalzinho faça alguma atividade física ou ao menos brinque ao ar livre. Deixar o seu bichinho de estimação dentro de casa ou em locais pequenos é prejudicial a sua saúde. Eles precisam de espaço para se locomover e, assim, não ficarem sedentários.

Afinal de contas, quais os riscos que o sobrepeso pode trazer para o nossos Bichinhos de Estimação?

Os principais riscos que o sobrepeso pode trazer ao animal estão relacionados com problemas cardíacos e de pele e a problemas metabólicos.

Na hora da alimentação, podemos oferecer comida caseira para os nossos Pets ou eles só devem comer ração?

Comida caseira, de forma alguma. É muito importante que o dono  só ofereça ao animalzinho a ração indicada ao seu porte físico. Muitos alimentos que nós consumimos são extremamente prejudiciais para eles podendo, inclusive, provocar desequilíbrios no metabolismo do animal, gerando inúmeras doenças.

É importante que os Bichinhos tomem todas as vacinas disponíveis ou existe alguma que seria mais importante?

Cãozinho Descansando

Cãozinho Descansando

Todas as vacinas são importantes e cada uma é destinada a prevenir alguma doença. É muito importante que eles tomem todas. Além delas, é recomendado que o animal receba um remédio para vermes a cada 3 meses.

Quanto aos filhotes, eles precisam tomar suas primeiras vacinais com cerca de 45 dias de vida. Eles são muito sensíveis e podem desenvolver doenças com muita facilidade.

Para fechar, de quanto em quanto tempo é recomendado levar o nosso Pet a uma Clínica Veterinária?

Eu recomendo que o dono leve seu animalzinho a uma Clínica Veterinária a cada 6 meses. Dessa forma, é possível verificar com anda a sua saúde e diagnosticar possíveis doenças.

Agradeçamos pela colaboração do veterinário Edgar Soberon. Até a próxima!

Campanha do Agasalho Animal inicia com 21 postos de coleta em Blumenau

Boa Tarde Pessoal,

3ª Campanha do Agasalho Animal

3ª Campanha do Agasalho Animal

Um total de 21 estabelecimentos participam da terceira Campanha do Agasalho Animal, que iniciou nesta segunda-feira, dia 22, em Blumenau. Promovida pelo Departamento de Bem Estar Animal para arrecadar desde agasalhos, ração e até casinhas que vão beneficiar e proteger os animais da cidade, a Campanha prossegue até dia 5 de junho. Além de trazer benefício direto aos animais, principalmente para os errantes (sem dono), a iniciativa busca ampliar a discussão e conscientização sobre a importância do trato com o animal.

Participam da Campanha as Organizações Não Governamentais (ONGs) e estabelecimentos comerciais, como supermercados, shopping centers, incluindo ainda a participação efetiva das clínicas veterinárias da cidade, agropecuárias e pet shops. A lista completa com os locais para doação pode ser baixada no site www.blumenau.sc.gov.br, link Secretarias/Semus.  A proposta do Departamento de Bem Estar Animal é incentivar a participação da população no movimento, além de ajudar na divulgação do evento com a exposição de cartazes.

Para o diretor de Bem Estar Animal, Eliomar Russi, “Será uma campanha de grande alcance. O objetivo principal é buscar formas de proteger o animal, principalmente nesta época com variações de temperatura, além é claro, conscientizar a população da importância deste ato”, diz Eliomar.

Confira abaixo a relação completa dos locais para doação:

Locais para Doação

Locais para Doação

Atualização: Além dos 21 estabelecimentos que participam como pontos de coletas e divulgadores da ação, mais 6 entidades participam junto à coleta de materiais: a Cooperativa Cooper, na rua Amazonas, 3.000, no bairro Garcia; Pet Shop Arca de Noé, na rua Joinville, 746, na Vila Nova; Agropet Sete Bichos, um na rua Sete de Setembro, 1.536 e outro na rua Amazonas, 3.000, no bairro Garcia; Furb, no Campus 5; o Instituto Blumenauense de Ensino Superior (IBES); e a Agropecuária Banho e Tosa, na rua Almirante Tamandaré, 1820.

Participe!

Fonte: http://www.blumenau.sc.gov.br/gxpsites/hgxpp001.aspx?1,16,28,O,P,0,PAG;CONC;92;3;D;13561;1;PAG;MNU;E;7;2;8;13;MNU